Principios

O conjunto a seguir é a minha proposição do Cânone de Princípios Estruturais da Tribo Social, o qual submeto à discussão. Após referendado em assembleia específica para este fim o presente documento terá o papel de uma Carta Magna e passará a orientar todas as posturas básicas de nossa Sociedade.

São estes os Princípios que regem a Tribo Social:

  1. A Amizade: os Membros da Tribo Social acertam entre si sua Amizade, ou seja: o compromisso de cuidarem-se uns dos outros. A Tribo Social propicia as condições e os meios que permitirão que cada Membro possa fornecer os cuidados aos demais.
  2. A Liberdade: as Escolhas e as Decisões da Sociedade serão conduzidas em Liberdade. A Amizade só acontece em liberdade. Ela se esvai se for exigida como um direito ou se for devida como obrigação.
  3. A Honra: cuidaremos com muito zelo de nossa própria Honra assim como honraremos no nome da Tribo Social. Cuidaremos de como damos conta de viver.
  4. A Humildade: esta consiste principalmente na escolha de limites para que nossa Liberdade possa acontecer. Cada Membro deverá ser uma pessoa significativa, opinando, questionando, elaborando a própria relação com a Sociedade.
  5. A Condicionalidade: a Tribo Social é uma sociedade Condicional. Haverá condições explícitas e claras de operação e de acolhimento.
  6. O Ecletismo: a Tribo Social admitirá pessoas com credos e práticas religiosas diversas.